Jimmy

1 comentario

>se tem uma coisa que eu aprendi é que eu não posso esperar nada do futuro, nem planejar muito o que eu quero fazer porque sempre algo vai acontecer e me levar para outro lugar, outros acontecimentos, outros sentimentos.

do nada ele surgiu na minha vida e me deixou completamente confuso. o que eu realmente quero pra mim? por que alguns sonhos que eu sempre tive parecem sem graça agora? será que se um dia ele sumir da minha vida eu vou voltar a pensar nas mesmas coisas de antes? será que vou voltar a ver o meu futuro daquele mesmo jeito? será que vou finalmente buscar o que eu tanto quero?

não sei. assim como quando namorei pela primeira vez não pensava em um fim. hoje eu não me vejo longe dele. eu não me vejo mais como um jovem que tem apenas os sonhos como companhia.
não estou mais sozinho no mundo. pelo menos agora.

Anuncios

Un pensamiento en “

  1. >Jimmy, de alguma forma eu me identifico com você. Creio que temos muito pouco em comum, temos vidas muito diferentes, mas ainda assim há algo que me faz entender as suas palavras. Conheci o seu blog há pouco tempo e desde então, dou uma passada por aqui, eventualmente. Me parece que há uma certa angústia em você, algo que nem você mesmo sabe definir. Parece que você vive numa constante incerteza. Eu sei que você precisa se sentir VIVO… Essa palavra é tão forte e significa tanto, muito mais do que se pode traduzir em palavras. Eu sinto a mesma coisa e também não entendo. Às vezes parece que eu estou caminhando em direção ao nada e sinto a necessidade de algo que seja constante na minha vida, mas algo que me faça feliz. Isso é cada vez mais raro. As boas coisas, as pessoas mais incríveis, acabam indo embora de minha vida. Isso me arrasa e me torna cada vez mais solitária, faz com que eu me isole das pessoas com as quais convivo, me tranca dentro de mim mesma. Vivo na esperança de que algo de incrível aconteça e traga VIDA aos meus dias. Os meus dias são iguais e isso é por vezes torturante, outras vezes sinto-me como se estivesse hibernando, esperando para acordar e ganhar o mundo. Não me pergunte os motivos que me levaram a escrever porque nem eu mesma sei. Simplesmente me bateu uma vontade de dizer tudo isso a você. Eu sinto que você foi um dos poucos que escaparam da mediocridade que assola o mundo.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s