Jimmy

>because you live

2 comentarios

>ontem pela manhã estava conversando com uma amiga que me contou que o seu marido, que teve um infarto no final do ano passado, havia acabado de ter outro. eu nunca passei por isso, mas no ano passado sofri muito com o meu acidente e todo o processo de recuperação após ele. foi um tempo difícil, mas do qual eu me orgulho. consegui passar por ele e entender que ele foi necessário. tudo o que me aconteceu gerou coisas incríveis que nunca teriam acontecido se eu não tivesse sido atropelado por aquele carro que surgiu numa rua deserta, escura e fria.
usei disso para confortar a minha amiga. disse a ela que na época em que estamos passando por dificuldades nós não conseguimos enxergar, mas elas vão passar e vão gerar outras coisas que são extremamente necessárias nas nossas vidas.

à tarde fui a uma consulta com o ortopedista que me acompanha desde o acidente. a consulta foi igual a sempre: tirei um raio X e ele me chamou para conversar.

“Você está com uma pseudo artrite. As duas metades do seu osso não se juntaram. Eu vou precisar operar você de novo.”

eu sabia o que aquilo significava: outro pós operatório traumático, dor, depender dos outros e aquele medo constante de nunca mais ter a vida que eu tinha antes de tudo.

“Você vai passar pelo menos três meses com muletas.”

não consegui fazer nada além de chorar. não consegui dizer uma palavra. só me vinha na cabeça todo o esforço que eu fiz, todos os passos que dei até voltar a andar, toda a esperança que eu tive que tirar não sei de onde para que eu me recuperasse.

“Se você não fizer esta cirurgia, esta haste que sustenta a sua perna vai quebrar. E a sua perna ainda está quebrada na verdade. A haste era um sustento para ajudar a fratura a se recompor, mas isso não aconteceu”

eu queria era sair dali. de repente, tudo o que eu queria era ver o Chris. liguei para ele chorando e perguntei se podíamos nos ver. ele percebeu que eu não estava bem e me perguntou se algo tinha acontecido, mas eu respondi que preferia contar quando nos encontrassemos.

escolhemos nos vermos em um shopping bem tranqüilo da cidade. sentamos na praça de alimentação, que estava quase vazia, e eu comecei a contar tudo entre lágrimas. disse da cirurgia, do processo de recuperação que é muito lento e falei algo que não saía da minha cabeça enquanto eu estava indo encontrá-lo

“Chris, se for demais pra você, é melhor a gente não continuar junto. Esse período vai ser muito difícil. Então se você não for agüentar, eu prefiro que a gente não continue mais.”

ele me olhou com um olhar tranqüilo e perguntou

“Jimmy, você lembra do que eu te disse no primeiro dia?”
“Que a gente ia enfrentar muitos obstáculos juntos”, respondi.
“Esse é só o primeiro. Eu vou estar do seu lado o tempo inteiro. Eu vou fazer o que eu puder para você não sofrer tanto, porque eu gosto de você e eu quero ficar com você. Eu vou te visitar na sua casa, vou te ajudar, vou te fazer companhia. Eu vou fazer tudo para esse tempo passar mais rápido para você.”
“Você tem certeza? Você gosta de mim o suficiente pra isso, Chris?”
“Claro que sim, Jimmy”

eu não conseguia parar de chorar e ao mesmo tempo que eu sentia uma dor enorme, eu sentia uma felicidade esquisita dentro do meu peito. eu tenho ele comigo.

“Ainda bem que eu tenho você. Sem você tudo ia ser muito mais difícil, Chris”.

Anuncios

2 pensamientos en “>because you live

  1. >Pode contar comigo também! ^^:-***

  2. >Ow. Sua vida é de fato uma grande novela Jimmy. Realmente tem coisas ruins que são extremamente necessários pra algo bom no futuro. Pode ter certeza de que muitas pessoas estarão ao seu lado neste momento. Esse post na parte do atropelamento me lembrou ‘A hora da estrela’. “surgiu numa rua deserta, escura e fria”. Estamos todos com você! 🙂

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s