Jimmy

>Aracaju II

2 comentarios

>adoro estar longe de tudo e todos. longe de uma realidade que parece mentira, vivendo dias tão atípicos que talvez eu nunca lembre depois.

tenho que falar sobre um cocktail que houve para celebrar o congresso no qual estou. na volta ao hotel havia uma festa de uma empresa cujo nome parecia ser de produto para varizes, mas que me informaram ser de lentes de óculos. amham. entrei nesta festa com o gringo amigo e nos expulsaram porque somos pessoas obviamente notáveis em uma multidão. expulsaram com classe, mas bebemos dois copos de cerveja de graça. just the warm up.

juntamos uma galera e fomos até a orla de Atalaia. oquei, aqui há lugares para ir numa sexta à noite. talvez não como os que eu estou acostumado. fiquei pensando onde eu iria se morasse aqui e não consegui achar resposta. os bares da orla são esquisitos. ou não tocam nada,ou tocam forró,ou trazem bandas que fazem cover de Skank nos anos 90, e todos dançam bêbados e felizes no meio do salão como se estivessem escutando o top 10 da Rolling Stone. claro que se eu morasse aqui eu abriria um bar, mas enfim, fiquei bêbado e comecei a conversar com o gringo amigo que não quero filhos, que namoro um garoto e é difícil namorar, não porque quero galinhar mas porque sou egoísta. o gringo amigo está no Brasil há 3 meses, é novo como eu mas ja tem um filho e has fallen head over heels for his wife. tá louco de amor. o tempo inteiro repete que a ama. eu queria ser assim. por mais que eu ame alguém, não tenho a necessidade de falar isso o tempo inteiro, de deixar isso claro para todos,ou talvez para mim mesmo.

senti falta do Chris. queria abrir a foto dele e dizer “this is my boy”, mas não precisava. eu não precisava dizer. não sei o porquê, mas guardei aquilo só pra mim. eu sou egoísta.

o gringo amigo ficou no bar com mais pessoas e eu resolvi voltar para o hotel, já que amanhã é dia de congresso e eu sei que vou estar fudidaço para acompanhar palestras das 08 às 18h, mas a vida anda e prospera, é só querer. eu queria voltar e dormir, porque eu sabia que precisava blogar sem o meu companheiro de quarto numero 1 por perto, já que ele ficou la com o gringo amigo. há também o companheiro de quarto numero 2,mas ele é evangélico e dorme na paz do senhor já há tempos. eu precisava blogar. eu sempre preciso falar de mim, nunca dele. no máximo de nós dois. não entendo, mas assim que sou. e eu estou bêbado e lutando contra o blur para escrever e fazer algum sentido, portanto enough is enough. amanhã é o último dia e depois volto para casa. uma pena porque comecei a gostar daqui.

Anuncios

2 pensamientos en “>Aracaju II

  1. >não acho que seja questão de egoísmo.você só não teve necessidade de falar sobre o Chris…nem sempre só porquea gente tem alguém precisa ficar falando dessa pessoa.;**

  2. >Já tá gostando daí? rsrsViu, como as coisas mudam.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s