Jimmy

Deja un comentario

>por favor, desculpem-me por não parecer empolgado ao encontrar qualquer pessoa que eu conheça. desculpem-me por parecer tão apático, por comentários tão amargos e por ficar tanto tempo quieto.

os meus amigos me estranham, eu não me encontro, os meus pais me enchem de perguntas mesmo sabendo que não terão resposta. eu procuro um lugar onde eu possa me esconder e chorar, mas ele não existe. eu quero somente o silêncio para tentar me compreender. eu quero tentar achar entre as coisas que tenho algo que ainda me faça achar que tudo vale a pena. eu procuro me projetar em um futuro, mas qual? como? eu tento disfarçar o que sinto por ele, mas não aguento. eu tento não me olhar nos espelhos, mas eles estão em todos os lugares e me ferem com um reflexo distorcido. a minha mente trabalha procurando uma solução para cada problema, mas o medo de falhar é tão grande que prefiro me acomodar. decidi levar a vida no automático, como todo mundo. mas esse não sou eu. e um dia, lá atrás, eu disse a mim mesmo que não deixaria de acreditar em mim.
eu me odeio, odeio a pessoa que eu quero ser, odeio a forma como me percebem e a minha maneira de perceber. queria conseguir dormir para sempre. queria simplesmente morrer sem que ninguém soubesse e as pessoas imaginassem um final muito mais bonito para a minha vida. eu quero um belo final, mesmo de mentira. mesmo que no fundo, o que eu realmente queira seja uma vida na qual não acredito mais.
Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s