Jimmy

vacaciones en Huacachina

Deja un comentario

quem diria que nesse povoado eu seria tão feliz?

areia, sol e calor é o combo completo para a minha infelicidade, mas Huacachina é um oásis, ordinária. estou todo molhadinho. e eu adoro ver o céu, grande amigo que eu não via há dias porque Lima não tem céu.

assim que cheguei fiz amizade com australianos no bar do hostel. 2 caras e 1 menina, loucos e errados como eu. me levaram num churrasco a vinte soles e numa lavanderia onde você poderia deixar a sua roupa e de quebra comprar drogas. e se quisesse poderia jantar também. tudo no mesmo lugar.

nosso jantar foi bem divertido, mas sabe quando você chega numa escola nova e faz amizade com uma galera que depois você não vê? bem por aí. comeram e foram dormir e voltei para o bar do hostel, porque cerveja é sempre uma boa companhia. mas aí vi duas pessoas que eu tinha visto chegar lá horas antes. um rapaz e uma moça. começamos a conversar do nada, tomamos litros de cerveja e falamos de todas as nossas vidas mesmo tendo acabado de nos conhecer. e foi esse moço holandês – que não era namorado da menina, como eu pensei e parecia estar me dando bola, o que eu não esperava – que me fez perceber que a minha vida é muito boa. não é ridículo quando um desconhecido depois de 2 horas de conversa é quem faz você perceber o que você não enxerga de jeito nenhum?

tomei café da manhã com eles no dia seguinte, fomos para as dunas fazer sandboarding e passei com eles uma das noites mais divertidas da minha vida. nós três e mais três que conhecemos. em poucas horas éramos um grupo de amigos melhor que muitos grupos de amigos.

tomei fucking huacachina com o holandês lindo que não parava de sorrir pra mim e dizer que eu era really sweet e que ele queria que eu fosse com eles para Arequipa. na pista ele não parava de me abraçar e dizer que ia sentir a minha falta e que ele queria ter tido mais tempo comigo. sabe quando  está claro que algo com certeza iria acontecer com um pouco mais de tempo? eu e esse holandês. um dos caras mais doces que eu conheci e que parecia me dar muito mais valor que o peruano que eu vim ver, depois de oito anos sentindo que ele é o cara da minha vida.

viva Huacachina. me hiciste mejor.

 

 

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s