Jimmy

Conto-teaser de “Quando ELA chegou”: Quem é Pablo

Deja un comentario

– Eu não sinto a mesma coisa que você, Pablo.

Ouvi Ela dizer isso como se estivesse dizendo “Eu não queria tomate na minha salada”. Apesar de ter certeza que casaria com Ela um dia, eu não trouxe um anel de noivado. Eu não a pressionei. Eu só queria continuar aquilo que a gente começou.

Eu não sei em que momento as coisas mudaram. Eu jamais teria feito tanto esforço se eu imaginasse que Ela diria isso como se não estivesse perdendo nada. Eu já tive que acabar namoros antes e sempre gelava de nervoso quando tinha que dizer algo assim. Eu já não gostava da pessoa, mas um dia eu gostei. Posso até ter dito que a amava. Nunca pude encerrar algo tão intenso de qualquer jeito. Ela conseguiu.

– Responde algo.

– O que você quer que eu responda? Você está me destruindo, mas eu te entendo.

– Eu não quero perder a sua amizade. Você é alguém muito importante na minha vida.

– Eu não sei se vou conseguir ser seu amigo.

Foi a última coisa que consegui dizer. Daí comecei a chorar e ela foi embora. Fiquei sozinho naquele quarto de hotel sem entender o que tinha faltado para a gente dar certo. Ela não fez questão de dizer, mas eu precisava saber o que eu não tenho que a fez desistir de mim.

Eu nunca fui o cara mais bonito da festa, nem sou o mais rico entre os meus amigos. Sou alguém comum, mas com particularidades que me fazem interessante. Ou pelo menos eu acho que seja assim. Não sou canalha, tenho a mente aberta, curto ler, sair, viajar. Não tenho corpão, mas na cama sei que não faço feio. Tenho senso de humor, bom gosto pra música e sei me divertir como quase ninguém. O que faltou para Ela realmente me amar?

Antes Dela, eu tinha tido outras três namoradas. Sempre fui eu que acabei o namoro e nunca deixei minhas ex se perguntando por que tinha dado errado. Disse os motivos sempre, por piores que fossem, porque eu achava injusto deixar a charada na cabeça delas. Eu me preocupava com como elas iriam se sentir depois. Isso nem deve ter passado pela cabeça Dela.

No dia seguinte era o meu voo para Recife. Queria ir embora sozinho, mas Ela apareceu no hotel para me buscar. Fomos sem falar nada até o aeroporto. Mesmo assim, Ela esperou que eu fizesse o check-in para me dar um último abraço antes do meu embarque.

Preferia que esse abraço não tivesse acontecido. Preferia que Ela nunca tivesse ido passar férias em Recife. Preferia que aquele avião tivesse caído minutos depois que decolou em Brasília.

Qualquer outro destino era melhor do que ser o Pablo que sou agora.

Catedral - Brasília Cathedral - Brasilia Catedral - Brasilia

Teaser de “Quando ELA chegou”, meu primeiro livro de ficção com lançamento previsto para Outubro de 2013.

 

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s