Jimmy

Aquele mundo

Deja un comentario

world

Sinto saudades daquele mundo sem gente viciada em trabalho.

Onde a frase dita com mais orgulho não era “Eu malho”.

Sabe, aquele mundo onde as pessoas tinham vocação. Que alguém sentia que tinha nascido para fazer algo e não para ganhar algo.

Um mundo onde as pessoas realmente andavam nas ruas, comiam frutas porque gostavam e sonhavam em se casar.

Era bom ser original, questionador e inconformado.

Ninguém perdia tempo em trânsito, muito menos assistindo um programa de TV com médicos dizendo que você está vivendo errado.

Nesse mundo as pessoas não fingiam ter opiniões que não concordam para serem admiradas, porque elas tinham opiniões admiráveis.

Era um mundo onde dinheiro, beleza e status tinham o seu valor mas eram menos importante que amar de verdade.

Talvez eu tenha criado esse mundo. Ninguém viveu nele. Mas era algo assim que aquele menino achava que estava desenhando no jardim de infância.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s